Carrinho

Hoje é dia de resenha! Vamos falar sobre o livro Ekklesia, escrito pelo Ed Silvoso.

Sinopse: Não é segredo algum que a Igreja de hoje não tem influência sobre a cultura. Mas por quê? Com a tecnologia, riqueza e conhecimento que temos atualmente, por que será que somos menos eficientes do que os cristãos do primeiro século – que não possuíam mídias sociais, prédios elegantes, pastores profissionais e nem mesmo liberdade religiosa?

Nestas páginas vitais, Ed Silvoso vasculha as Escrituras desvendando o real projeto que Jesus tem para Sua Ekklesia. Por meio de ensinos bíblicos e exemplos contemporâneos, Silvoso mostra como nós, em meio ao caos social, econômico, político e moral do mundo atual, podemos nos tornar a Ekklesia revolucionária, transformadora e doadora de vida que Jesus nos chamou para ser.

Sobre o autor: Ed Silvoso é o fundador e presidente do Harvest Evangelism (Evangelismo de Colheita) e da rede Transform Our World (Transforme Nosso Mundo), cujo objetivo é acabar com a pobreza sistêmica mundial e expandir o Reino de Deus na sociedade. Ele é mundialmente reconhecido como um dos avivalistas mais inspiradores da nação argentina, além de um autor best-seller, formado em Teologia e Administração.

Assim, os princípios bíblicos neste livro, validando testemunhos e estudos de caso, irão inspirá-lo e levá-lo a um estilo de vida vitorioso em sua própria jornada, em sua família e em sua esfera de influência. Esta progressão irá enriquecê-lo com fé para acreditar que não apenas os indivíduos, mas também as nações serão salvas.”

Este livro fala sobre o verdadeiro significado e importância da Igreja na sociedade. Ele é dividido em 17 capítulos, começando com explicações muito claras de alguns conceitos e terminando com aplicações práticas desses conceitos.

Ed Silvoso inicia nos contando o significado de Ekklesia.

Ekklesia – a palavra grega traduzida para o português como “igreja” – não tinha natureza ou conotação religiosa alguma. De fato, no primeiro momento em que Ele proferiu a palavra no evangelho de Mateus, ela já vinha sendo usada, há séculos, em ambos os Impérios Grego e Romano para se referir a uma instituição secular que operava no mundo dos negócios com capacidade de governar.”

Com esse conceito, já conseguimos entender que o nosso papel como igreja abrange mais do que imaginamos e tem relação com esferas “não religiosas”. É com essa introdução que Ed Silvoso nos leva a uma descoberta e a um maior entendimento sobre a Grande Comissão e como discipular as nações.

Assim como a Landa Cope aborda no livro Template Social do Antigo Testamento, Ed Silvoso concorda que o lugar onde uma igreja está, deve ser um lugar transformado pela presença de Deus. Se nossa igreja não influencia nem colabora para a transformação do bairro e da cidade em que está inserida, algo está errado.

As coisas poderosas e transformadoras que ocorrem habitualmente dentro das quatro paredes da congregação também acontecem na praça pública. E este livro é todo sobre isso.”

Ed Silvoso continua nos mostrando a influência que a Ekklesia deve ter utilizando, como referência, lindos bairros e cidades que foram restauradas, como a cidade de Vallejo, no México, que começou com o pastor e outras pessoas adotando cada rua em oração, além de orar também pelos empresários da cidade. A partir disso, milagres começaram a acontecer e a população pôde ver a justiça, a paz e a alegria do reino se manifestando.

Outro ponto importante do livro é a posição de Ed Silvoso sobre a Grande Comissão. Quando Jesus ordenou aos discípulos que fossem e fizessem discípulos, ele acredita que não deveríamos apenas discipular indivíduos, mas também nações. Precisamos amar as nações como amamos as pessoas.

Sim, Jesus pagou o preço para redimir tudo,inclusive nações.”

Ed também trata das Portas do Hades e como devemos agir contra elas.

As Portas do Hades representam o domínio de Satanás, dirigido por representantes demoníacos que impõem seu controle ou influência sobre regiões específicas da sociedade, por meio de governos e moldadores de cultura, como a educação, as artes e o entretenimento, o comércio e assim por diante (ver Colossenses 1.13; Atos 26.18). Paulo os descreve como “poderes e autoridades [...] dominadores deste mundo de trevas” e “forças espirituais do mal nas regiões celestiais” (Efésios 6.12 – grifo do autor).”

Aqui temos mais um dos deveres da Ekklesia: lutar contra essa escuridão presente no mundo. Nós temos Jesus ao nosso lado e Ele já derrotou o inimigo. Podemos agir.

O livro continua demonstrando como podemos agir liberando os princípios do Reino onde estamos inseridos, batizando e discipulando as nações, não apenas pessoas e trazendo justiça social para a sociedade. Jesus era apaixonado pelos assuntos da sociedade e nós também devemos ser.

A mensagem principal aqui é que, uma vez que Jesus experimentou o que enfrentamos, Ele entende completamente as nossas lutas e, porque as superou, pode nos mostrar como fazer o mesmo.”

Precisamos pregar a graça e mostrar a verdade ao mundo e não apenas com palavras, mas com ações. Nós temos autoridade espiritual e isso é maior que o poder do governo secular. Ed Silvoso conta como deve ser a transformação. Ela tem que ser como um rio, com duas margens muito importantes. Em uma das margens temos 5 perguntas: O quê, por quê, como, onde e para que. Na outra margem, temos o evangelismo de oração.

O evangelismo de oração contém 4 passos: abençoar, ter comunhão, ministrar e proclamar. Esses são os passos práticos para começar a ver a transformação na nossa sociedade. Parece pequeno, mas com o poder do Espírito Santo, veremos o clima espiritual mudar gradualmente. Precisamos começar, afinal, a fé sem obras é morta (cf. Tiago 2.17). Que nossos corações queimem de amor pelas nações e pela justiça social.

“Todas as coisas maravilhosas e transformadoras que ocorrem dentro do prédio da igreja deveriam estar acontecendo por toda a cidade – e em maior medida e frequência. Antes não conseguíamos fazer nada porque dependíamos do prédio. Mas uma vez que passamos a entender que a Ekklesia é um movimento de pessoas transformacionais que formam uma pequena frota de Arcas da Aliança móveis em todo o mercado de trabalho, fica fácil fazer Ekklesia o tempo todo, “à medida que caminhamos”.”

Política de privacidade