Carrinho

O que podemos aprender através das mulheres que encontramos na Bíblia? São muitas histórias inspiradoras de mulheres fortes e corajosas que passaram por desafios, mas entenderam o propósito. Podemos aprender com elas sobre como viver a vida dependendo de Deus e se alegrando com Ele.

E no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, fomos presenteadas com três lives maravilhosas sobre os exemplos que temos das mulheres da Bíblia.

A mulher do vaso de alabastro - por Edméia Williams

A missionária trouxe, com muita sensibilidade, a história da mulher do vaso de alabastro.

“Estando Jesus em Betânia, na casa de Simão, o leproso, aproximou-se dele uma mulher com um frasco de alabastro contendo um perfume muito caro. Ela o derramou sobre a cabeça de Jesus, quando ele se encontrava reclinado à mesa. Os discípulos, ao verem isso, ficaram indignados e perguntaram: "Por que este desperdício? Este perfume poderia ser vendido por alto preço, e o dinheiro dado aos pobres". Percebendo isso, Jesus lhes disse: "Por que vocês estão perturbando essa mulher? Ela praticou uma boa ação para comigo. Pois os pobres vocês sempre terão consigo, mas a mim vocês nem sempre terão. Quando derramou este perfume sobre o meu corpo, ela o fez a fim de me preparar para o sepultamento. Eu lhes asseguro que onde quer que este evangelho for anunciado, em todo o mundo, também o que ela fez será contado, em sua memória.”

    Edméia apontou que a mulher do vaso de alabastro se preparou, ela sabia onde Jesus estaria. Ela teve a atitude de quebrar o vaso, a ação partiu dela. Depois que um vaso é quebrado, de nada mais serve. A atitude dessa mulher foi uma ação completa, decisiva e sem retorno.

    Além disso, ela derramou sobre Jesus o bálsamo mais especial que ela guardava. Ela estava dizendo: aqui eu paro, até aqui, isso é tudo o que eu sonhei. Jesus era o que realmente importava.

    A missionária nos convidou a ler, ouvir e guardar as Palavras da profecia de Apocalipse 8, além de sonhar com o momento do encontro com o noivo.

A mulher virtuosa - por Keziah Galo

  Todas nós já ouvimos sobre a Mulher Virtuosa, não é mesmo? Muitas de nós a consideram uma meta impossível de alcançar. Mas a Keziah Galo nos mostrou como podemos, dia a dia, nos tornar essa mulher.

“Uma esposa exemplar; feliz quem a encontrar! É muito mais valiosa que os rubis. Seu marido tem plena confiança nela e nunca lhe falta coisa alguma. Ela só lhe faz o bem, e nunca o mal, todos os dias da sua vida. Escolhe a lã e o linho e com prazer trabalha com as mãos. Como os navios mercantes, ela traz de longe as suas provisões. Antes de clarear o dia ela se levanta, prepara comida para todos os de casa, e dá tarefas as suas servas. Ela avalia um campo e o compra; com o que ganha planta uma vinha. Entrega-se com vontade ao seu trabalho; seus braços são fortes e vigorosos. Administra bem o seu comércio lucrativo, e a sua lâmpada fica acesa durante a noite. Nas mãos segura o fuso e com os dedos pega a roca. Acolhe os necessitados e estende as mãos aos pobres. Não receia a neve por seus familiares, pois todos eles vestem agasalhos. Faz cobertas para a sua cama; veste-se de linho fino e de púrpura. Seu marido é respeitado na porta da cidade, onde toma assento entre as autoridades da sua terra. Ela faz vestes de linho e as vende, e fornece cintos aos comerciantes. Reveste-se de força e dignidade; sorri diante do futuro. Fala com sabedoria e ensina com amor. Cuida dos negócios de sua casa e não dá lugar à preguiça. Seus filhos se levantam e a elogiam; seu marido também a elogia, dizendo: "Muitas mulheres são exemplares, mas você a todas supera". A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme ao Senhor será elogiada. Que ela receba a recompensa merecida, e as suas obras sejam elogiadas à porta da cidade.”

   A Keziah Galo nos mostrou com muita graça como podemos ser a mulher virtuosa nos nossos dias, uma mulher que tem influência dentro de sua casa e no mundo.

    Ela começou nos revelando que o texto de provérbios 31 é acróstico – acima de cada versículo tem uma letra do alfabeto hebraico – abrangendo todas as letras, todas as mulheres.

    Depois, ela caminhou por cada versículo, destrinchando os aspectos da mulher retratada no texto. Vamos resumi-los aqui:

 

  • Ela é fiel ao seu marido como é ao Senhor;

  • É uma referência para as outras esposas, cuida dos outros e serve de exemplo e inspiração;

  • Ela se prepara para cada estação – fisicamente e espiritualmente;

  • Essa mulher é esforçada e dedicada – não é preguiçosa;

  • Sempre encontra meios de solucionar os desafios de sua família;

  • É generosa;

  • Veste-se de força e dignidade – não pelos bens, mas por suas atitudes que inspiram as pessoas a terem esperança;

  • Faz boas declarações sobre sua família, mudando a sua realidade.

 

Nessa live, aprendemos que podemos ser essa mulher. Cada uma de nós já tem essas características dentro de si e a cada dia devemos buscar trazê-las à tona e ser a mulher virtuosa.

A mulher samaritana - por Esther Marcos

Fechando com chave de ouro, a querida Esther Marcos conversou sobre a mulher samaritana, que se encontra no capítulo 4 de João.

“Assim, chegou a uma cidade de Samaria, chamada Sicar, perto das terras que Jacó dera a seu filho José. Havia ali o poço de Jacó. Jesus, cansado da viagem, sentou-se à beira do poço. Isto se deu por volta do meio-dia. Nisso veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: "Dê-me um pouco de água". ( Os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida. ) A mulher samaritana lhe perguntou: "Como o senhor, sendo judeu, pede a mim, uma samaritana, água para beber? " ( Pois os judeus não se dão bem com os samaritanos. ) Jesus lhe respondeu: "Se você conhecesse o dom de Deus e quem lhe está pedindo água, você lhe teria pedido e ele lhe teria dado água viva". Disse a mulher: "O senhor não tem com que tirar a água, e o poço é fundo. Onde pode conseguir essa água viva? Acaso o senhor é maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, do qual ele mesmo bebeu, bem como seus filhos e seu gado? " Jesus respondeu: "Quem beber desta água terá sede outra vez, mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna". A mulher lhe disse: "Senhor, dê-me dessa água, para que eu não tenha mais sede, nem precise voltar aqui para tirar água". Ele lhe disse: "Vá, chame o seu marido e volte". "Não tenho marido", respondeu ela. Disse-lhe Jesus: "Você falou corretamente, dizendo que não tem marido. O fato é que você já teve cinco; e o homem com quem agora vive não é seu marido. O que você acabou de dizer é verdade". Disse a mulher: "Senhor, vejo que é profeta. Nossos antepassados adoraram neste monte, mas vocês, judeus, dizem que Jerusalém é o lugar onde se deve adorar". Jesus declarou: "Creia em mim, mulher: está próxima a hora em que vocês não adorarão o Pai nem neste monte, nem em Jerusalém. Vocês, samaritanos, adoram o que não conhecem; nós adoramos o que conhecemos, pois a salvação vem dos judeus. No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade". Disse a mulher: "Eu sei que o Messias ( chamado Cristo ) está para vir. Quando ele vier, explicará tudo para nós". Então Jesus declarou: "Eu sou o Messias! Eu, que estou falando com você".

Esse acontecimento foi marcante para aquela mulher! E, com muita sensibilidade, Esther separou alguns pontos sobre essa história.

  • Jesus vai ao encontro da mulher samaritana – ele podia ter feito outro caminho, mas quis se encontrar com ela.

  • Os elementos dessa história têm um significado –  o poço é um lugar criado pelo homem, que contém águas paradas e mortas; o cântaro simbolizava a vida dela, que ela enchia de coisas mortas; e a água que Jesus estava oferecendo era a água viva, que limparia o cântaro da mulher e renovaria o seu conteúdo.

  • A mulher buscava água todos os dias ao meio dia, mesmo com o sol escaldante, por conta da vergonha que sentia por sua vida moralmente duvidosa. Apesar de estar se escondendo, Jesus a viu e foi ao seu encontro.

  • Quando conheceu Jesus, a mulher abandonou o seu cântaro, ou seja, abandonou o seu jeito antigo de viver. Ela tinha tomado conhecimento de algo muito mais importante do que tudo que já tinha vivido.

    Precisamos abandonar o nosso cântaro, aquilo que nos afasta de Jesus. Que a água viva nos limpe e nos mova a termos nossas próprias experiências com o Salvador!

    E que esses dias tão especiais de lives sobre as mulheres da Bíblia te inspirem a viver a história que continua em você! Que te movam a ser exemplo para outras mulheres e a aprender cada vez mais, intencionalmente, através da Palavra de Deus. Que as palavras lidas sejam combustível para você não desistir de sempre dar o seu melhor para o Pai, de ser uma mulher virtuosa e de abandonar tudo o que for preciso para se apaixonar cada vez mais por Jesus.

    Por mais mulheres do alabastro, virtuosas e samaritanas, que entregam tudo o que têm para viver aos pés do Senhor.

Política de privacidade